26 de mai de 2009

Deus ainda está por perto

Elias foi profeta durante o reinado de Acabe e seu filho Acazias.

O nome Elias significa “o Senhor é meu Deus”.

Sua vida girou em torno do conflito de sua religião, o judaísmo e a religião de Baal.

 

Profetizou que não choveria e nem haveria orvalho, porque o rei e sua casa não serviam ao Senhor.

 

Elias precisou esconder-se. Deus o orientou a ficar próximo ao ribeiro de Querite, foi sustentado por corvos que traziam o alimento necessário, com o tempo o ribeiro secou.

 

 

A viúva de Sarepta - 1 Reis 17:8-11

 

Deus orientou novamente Elias, dessa vez deveria procurar uma mulher em Sarepta (Sidom), ele foi até a cidade, chegando à cidade já encontrou a mulher, chamou ela e pediu água, pediu também pão...

 

A situação 1 Reis - 17:12-14

 

...mas a mulher jurou que tinha apenas um pouco de farinha e um pouco de azeite, que faria um bolo para que ela e seu filho comessem e depois morreriam de fome.

 

Elias então lhe disse para que fosse para sua casa, fizesse um bolo pequeno para ele e profetizou que se ela assim procedesse, não acabaria farinha e o azeite em sua casa até que chovesse novamente.

 

Fé - 1 Reis 17:15-16

 

A viúva teve, preparou o bolo para o profeta e como ele disse, não acabou a farinha e o azeite.

 

Seria o suficiente?   1 Reis 17:17-18

 

Depois desse milagre, o filho da viúva de fé adoeceu, o quadro se agravou e ele morreu. Mas ela hospedava o profeta Elias, e pensou que devido sua presença, foi castigada por seus pecados.

 

A importância da vida – 1 Reis 17:19-23

 

Elias não se conformou com a morte do menino, pediu a Deus, que o ouviu, e o menino ressuscitou. Elias o entregou à sua mãe.

 

Agora? – 1 Reis 17:24

 

Depois de tudo a viúva de fé disse: “Nisto conheço agora que tu és homem de Deus e que a palavra do Senhor na tua boca é verdade”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário