23 de jan de 2011

O que é Eterno e o que é Passageiro.

O que é importante para Deus e o que é importante para nós seres humanos.

Uma boa casa? Não precisa ser uma mansão, mas tem que ter suite, piscina, churrasqueira... Um carro? De preferência zero km. Roupas? Grife não é tão importante, mas também não pode ser porcaria. Lazer? Sim, cinema, parques, TV, games, festas, compras... Sem dúvida isso tudo é muito importante e faz bem, mas é tão passageiro, nos apegamos a coisas que sabemos que passarão muito rápido, se acabarão, se desgastarão, e ainda que durem a vida inteira não a poderemos levar, seja para a Eternidade com Deus, ou a Eternidade sem Deus, Mateus 25: 31-45 (clique para ler).

Esse discurso parecia estar ficando batido para mim, mas quando fui convidado à ministrar a Palavra em um culto de domingo fiquei muito preocupado, pois não comprei roupas Sociais novas (terno e gravata). Cheguei até a me explicar para a Pastora da Igreja e tentei me esquivar e deixar de ministrar a Palavra, mas como isso me incomodou depois, porque eu mesmo ministrei tantas vezes que o importante é o interior das pessoas e não o exterior, pois do que adianta um lindo terno e as vestes espirituais sujas com o pecado?  

Glória a Deus pela vida do Juliano Son, do Ministério Livres para Adorar, que em sua pregação no DVD, disse que a "Palavra é maior que o Profeta", porque isso me fez muito bem. Quantas responsabilidades, dificuldades de adaptação e lutas em vários campos nos ocupam, nos estressam e até mesmo nos distanciam de Deus. Quando nos sentimos indignos de nos aproximarmos de Deus ou mesmo de Ministrar a Sua Palavra  estamos dando maior importância ao que é passageiro ou ao que é Eterno?

Por mais que nos esforçássemos em dedicação a Deus, nunca seríamos dignos Dele ou de Sua Palavra, mas a Misericórdia de Deus e o Sacrifício de Jesus nos tornam filhos e herdeiros de Deus, por isso temos livre acesso ao Pai e o direito e compromisso de levar a Sua Palavra. Isso tudo por quê?

Porque o importante para Deus é o ser humano, isso mesmo, Jesus, o Unigênito de Deus, deixou sua Glória no Céu e nasceu aqui entre nós se sujeitando a desonra e sofrimentos em nosso lugar, Ele não fez isso por qualquer maravilha deste universo criado pelo Eterno Deus, mas fez por por você e por mim.

Um missionário em uma palestra que assisti certa vez disse "Os gregos valorizavam o homem pelo que ele sabia ou pelo que ele pensava, os romanos valorizavam o homem pelo que ele tinha ou pelo que ele fazia, mas Jesus simplesmente valoriza a cada homem e cada mulher, simplesmente valoriza".

O importante para Deus são as pessoas, as pessoas são eternas, quando digo pessoas me refiro a todas sem exceção, e o importante para os seres humanos deveria ser o que é eterno, ou seja, todas pessoas, isso inclui Deus, que é uma pessoa, não é uma energia, uma força. Deus é uma Pessoa com sentimentos, que sabe  quem se importa com Ele, ou apenas acredita na sua existência, pois nada fica oculto aos Seus Olhos.

Não estou falando de coerência, ser a mesma pessoa na igreja, em casa, na escola e no trabalho. Estou falando de agir com amor a Deus, porque precisamos ser corretos na Igreja por amor a Deus, agir como cristãos em casa, no trabalho e na escola por amor a Deus, porque a pessoa que vai a Igreja para não ficar com a consciência pesada ou mesmo como uma espécie de exorcismo semanal não conseguirá ter um relacionamento íntimo com Deus e como conseqüência não será capaz de abrir mão dos desejos terrenos e passageiros.

Decida o que quer. 
O que é eterno ou o que é passageiro?

Deixo para reflexão o vídeo com a excelente música Não Importa Mais - Aeroilis e logo abaixo o Salmo 90.



Salmos 90
Deus e os seres humanos - Oração de Moisés, homem de Deus.

1Senhor, tu tens sido o nosso refúgio de geração em geração.2Antes que nascessem os montes, ou que tivesses formado a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade tu és Deus.
3Tu reduzes o homem ao pó, e dizes: Voltai, filhos dos homens!
4Porque mil anos aos teus olhos são como o dia de ontem que passou, e como uma vigília da noite.
5Tu os levas como por uma torrente; são como um sono; de manhã são como a erva que cresce;
6de manhã cresce e floresce; à tarde corta-se e seca.
7Pois somos consumidos pela tua ira, e pelo teu furor somos conturbados.
8Diante de ti puseste as nossas iniqüidades, à luz do teu rosto os nossos pecados ocultos.
9Pois todos os nossos dias vão passando na tua indignação; acabam-se os nossos anos como um suspiro.
10A duração da nossa vida é de setenta anos; e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, a medida deles é canseira e enfado; pois passa rapidamente, e nós voamos.
11Quem conhece o poder da tua ira? e a tua cólera, segundo o temor que te é devido?
12Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios.
13Volta-te para nós, Senhor! Até quando? Tem compaixão dos teus servos.
14Sacia-nos de manhã com a tua benignidade, para que nos regozijemos e nos alegremos todos os nossos dias.
15Alegra-nos pelos dias em que nos afligiste, e pelos anos em que vimos o mal.
16Apareça a tua obra aos teus servos, e a tua glória sobre seus filhos.
17Seja sobre nós a graça do Senhor, nosso Deus; e confirma sobre nós a obra das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário