8 de fev de 2011

O ser humano decepciona mesmo!?!




Vamos ler esse texto para depois refletirmos.

Lucas 22:14-30

"14Então chegou Jesus com os discípulos, e na altura devida todos se sentaram à mesa. Jesus disse:
    15-16Desejei muito comer esta Páscoa convosco antes de começar o meu sofrimento. Porque agora vos digo que não comerei outra vez assim em vossa companhia senão quando o que esta refeição representa se realizar no reino de Deus.
    17-18Pegou então num copo de vinho e, depois de ter dado graças, disse: Tomem e repartam entre si, porque só tornarei a beber vinho quando tiver chegado o reino de Deus.
    19Depois pegou no pão e, dando igualmente graças a Deus por ele, partiu-o e deu-o aos discípulos: Este é o meu corpo, que é dado em vosso favor. Façam isto em memória de mim.
    20Depois da ceia serviu-lhes de novo um copo de vinho, dizendo: Este vinho é o sinal do novo pacto, assinado com o meu sangue, que é derramado em sacrifício por vocês .
    21Mas aqui sentado comigo a esta mesa está também o homem que me vai trair.
    22O Filho do Homem tem de morrer porque isso faz parte do plano de Deus. Mas ai daquele que me trairá!
    23Os discípulos puseram-se a perguntar entre si quem, de entre eles, seria capaz de fazer semelhante coisa!
    24Depois começaram também a discutir qual deles teria posição mais destacada.
    25Jesus disse-lhes: Neste mundo, os que têm o poder dominam seus súbditos, e são considerados figuras de relevo ao serviço da sociedade!
    26Mas, no vosso meio, quem governa será como quem serve.
    27O senhor senta-se à mesa e é servido pelos criados. Mas aqui, não! Porque eu sou quem vos serve.
    28-30Porque me têm sido fiéis nestes tempos de aflição, e como o meu Pai me deu o reino, eu vos concedo o direito de comer e beber à minha mesa nesse reino. E sentar-se-ão em tronos próprios, para julgar as doze tribos de Israel."

Vamos analisar da seguinte forma:

Jesus sabia dos segredos ocultos nos corações dos seus discípulos, mesmo assim queria um banquete com eles, mas é claro, quem não gosta de se reunir com os amigos? Ele queria conversar e compartilhar seus sentimentos. Estes homens andavam juntos a cerca de 2 anos e 2 meses e isso é bastante tempo para fortalecer uma amizade, amizade que estava prestes a ser colocada a prova devido o propósito para o qual Jesus nasceu entre nós.

1º Enquanto estavam falando sobre o fato de Jesus revelar que havia um traidor na mesa comendo junto deles, os seus discípulos simplesmente começaram a discutir sobre quem seria o maior no reino dos céus. Incrível!

2º Judas Iscariotes vende a informação de quem era Jesus e a sua localização por 30 moedas de prata.

3º Pedro na seqüência nega que conhecia Jesus e ainda diz que Deus o castigue se estiver mentindo.

Apesar de ver os milagres que Jesus fazia, ouvir suas palavras de amor e sabedoria, havia sim aquela dúvida no coração de um seguidor do Messias, Tomé que mesmo quando viu Jesus ressurreto, duvidou que fosse Ele mesmo e teve que tocá-lo para crer.

Essas atitudes nos mostram quem eram as pessoas que estavam ao redor de Jesus no momento do banquete,  e assim como Ele sabia que Judas o trairia e Pedro o negaria, sabia também dos erros e acertos de todos os seus discípulos e isso não O impediu de realizar o banquete, ao contrário, durante o banquete Ele mencionou que os honraria ao se assentarem em tronos ao seu lado e serem juízes.

Jesus não se decepciona com o ser humano. Ele sabe o que faremos antes mesmo que decidamos fazer.

Ele sabia também que esses homens seriam os que se sacrificariam por amor a Deus, antes mesmo que se tornassem capazes de fazê-lo.

Deus nos chamou para sermos servos e sabe porque nos chamou. Ele não se decepcionará conosco porque mesmo que tropecemos durante o percurso, Ele já sabe disso e também sabe que no final mostraremos nosso amor e ainda seremos honrados.

Texto inspirado na mensagem do Pr. Junior, no culto de domingo, na Igreja de Deus de Perus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário