26 de abr de 2012

A IMUTABILIDADE DE DEUS



 
Um atributo de Deus que precisamos contemplar é a Sua Imutabilidade. A Sua Santidade, fez com que Ele vivesse inteiramente separado para nós. A Sua Imutabilidade, faz com que as suas promessas permaneçam firmes, trazendo assim a nós segurança e esperança: "Assim que, querendo Deus mostrar mais abundantemente aos herdeiros da promessa a imutabilidade do seu conselho, se interpôs com juramento; para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos poderosa consolação, nós os que nos refugiamos em lançar mão da esperança proposta; a qual temos como âncora segura e firme, e que penetra até o interior do véu" Hebreus 6.17-19.
A imutabilidade de Deus, também nos revela o seu caráter estável. Deus não muda e não tem sombra de variação. Como o homem não tem conhecimento de Deus, também faz de Deus um ser temperamental como ele, cheio de imprevistos, indecisões, injustiças e infidelidades, considerando que Deus pode ser imprevisível também. Mas este é o homem, e não o Deus único, verdadeiro e imutável: "Estas coisas tens feito, e eu me calei; pensavas que era tal como tu, mas eu te argüirei, e as porei por ordem diante dos teus olhos" Salmos 50.21.
Se Deus mudasse, as suas promessas cairiam por terra, e Ele passaria a ser um mentiroso: "Deus não é homem para que minta; nem filho do homem para que se arrependa. Porventura, tendo Ele dito não o fará? Ou havendo falado, não o cumprirá?" Números 23.19. Se Deus mudasse, Ele nunca poderia ser juiz e legislador. Por ser Deus Imutável, a Sua justiça é uma justiça eterna, e a Sua lei a verdade. A Sua Palavra é a verdade desde o princípio, e cada uma das suas justas ordenanças dura para sempre (Salmos 119.142,160).
A nossa segurança só pode estar firmada, quando cremos que Deus é imutável. Ele não muda; Ele é o mesmo ontem, hoje, e o será eternamente (Hebreus 13.8). Sendo Deus imutável, Ele não volta atrás em nenhuma das suas promessa: "Pois tantas quantas forem as promessas de Deus, está nEle o sim; portanto é por Ele o amém, para glória de Deus por nosso intermédio" II Coríntios 1.20.  "Porque os dons e a vocação de Deus são sem arrependimento" Romanos 11.29. Encontramos na Palavra, uma infinidade de textos que mostram esta imutabilidade de Deus, que para nós redunda em muitas bênçãos.
Se Deus mudasse, ou tivesse qualquer sombra de variação, seja por uma ira momentânea ou por qualquer outro motivo, não poderíamos estar seguros das suas promessas, nem daquilo que já temos recebido dEle. Também não poderíamos ter esperança, pois, o que para nós está guardado por promessa futura, poderia se acabar com uma simples mudança no temperamento de Deus. A imutabilidade de Deus faz com que Ele não mude as suas promessas, e isto nos traz esperança. Ele é Santo, Soberano, Justo, Misericordioso, Benigno, e etc..., e continuara sendo por toda a eternidade, pois, Ele não muda.
Os homens sempre mudaram, mas Deus sempre permaneceu imutável: "Torno a trazer isso à mente, portanto tenho esperança. A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não tem fim; renovam-se a cada manhã. Grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto esperarei nEle" Lamentações 3.22-24. Neste versículo, vemos alguém que conhecia a Deus, e podia então esperar por Ele. Os homens mudam, mas Ele é imutável, porque não pode negar-se a si mesmo: "Se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo" II Timóteo 2.13.
É por causa dessa imutabilidade, que nós homens, não somos consumidos por Ele. Em Malaquias 3.6, o próprio Deus confirma isto quando diz: "Pois eu, o Senhor, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos". Deus não muda como podemos ver, nem suas leis mudam, porque tudo que Deus faz durará eternamente, nada se lhe pode acrescentar, e nada se lhe pode tirar: "Eu sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe deve acrescentar, e nada se lhe deve tirar; e isto faz Deus para que haja temor diante dele" Eclesiastes 3.14. Quão maravilhoso é este Deus imutável. Pense nisto, medite nisto de dia e de noite. Fazendo isto nunca jamais tropeçareis, e farás prosperar o teu caminho e serás bem sucedido.
A Sua Imutabilidade também tem um outro lado que não podemos deixar de lembrar. Devemos considerar a bondade e a severidade de Deus. Deus não muda e por causa disso, também fará cair a sua indignação, ira e vingança contra os seus inimigos e contra os seus adversários, sobre os pecadores e a todos aqueles que amam e praticam a mentira: "Pois do céu é revelada a ira de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens que detém a verdade em injustiça" Romanos 1.18. Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo: "Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte" Apocalipse 21.8.
Para os seus santos, a imutabilidade de Deus é uma benção, mas para os ímpios é algo terrível. Tudo o que Deus disse desde Adão, é verdade até o dia de hoje e o será até o dia do juízo. Se Deus mudasse, os ímpios poderiam falar como Jó, e tentar fazer com que Deus mude o seu juízo. Deus não muda, por isso respondeu a Jó e a todos que não crêem, dizendo: "Farás tu vão o meu juízo, ou me condenarás para te justificares a ti?" Jó 40.8. Se Deus mudar, Ele terá que fazer vão todo o seu juízo. Ele não pode mudar, e ainda bem que Ele não muda, senão teríamos que começar tudo de novo: "Quem operou e fez isto, chamando as gerações desde o princípio? Eu, o Senhor, que sou o primeiro, e que com os últimos sou o mesmo" Isaías 41.4.
                        Que maravilhoso é este Deus Imutável. Podemos descansar nosso coração porque não haverá nEle mudanças, nem uma pequena sombra de variação. Como Ele é Santo, e amoroso, e misericordioso, e benigno, e carinhoso conosco hoje, e severo também, o será eternamente. Bem-aventurado é aquele que confia no Senhor, porque nunca será confundido. Demos graças ao nosso Deus, pois somente Ele é digno de todo o louvor. O Senhor será bendito entre o seu povo eternamente. Amém.

Site: montesiao.pro.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário