11 de jun de 2016

Sede de Deus


Amamos tantas coisas e tudo com tanta intensidade que é muito fácil nos perdermos tomando decisões equivocadas e nos arrependermos depois pensando: "Se eu soubesse", "Se eu pudesse voltar atras", "Se eu inventasse a máquina do tempo"... mas o fato de não poder voltar atras não nos impede de projetar uma mudança de rumo e o tempo passado também não deve ser desprezado, pois serviu de aprendizado e agora pode ser útil tanto para quem passou pela experiência como para todas as outras pessoas que tomarem conhecimento, afinal, é melhor aprender com os erros cometidos pelos outros.


Comecei a escrever esse texto pensando na sede que estava sentindo de estar perto de Deus, ler as escrituras sagradas, orar, estudar, meditar, reunir-me com outros crentes para proclamar o reino, mas muitas coisas me limitam e me impedem de dedicar-me às coisas de Deus, e continua a sede. Agora vou, com a preciosa Graça de Deus, projetar um futuro que me possibilite estar mais perto de Deus, mais próximo de seus Projetos e assim saciar essa sede.


"Como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus! 2 A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus? 3 As minhas lágrimas servem-me de mantimento de dia e de noite, porquanto me dizem constantemente: Onde está o teu Deus? 4 Quando me lembro disto, dentro de mim derramo a minha alma; pois eu havia ido com a multidão; fui com eles à Casa de Deus, com voz de alegria e louvor, com a multidão que festejava. 5 Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei na salvação da sua presença." (Salmos 42:1-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário